Projeto promove live para discutir importância do solo e a biodiversidade

por Rebeca publicado 17/12/2020 09h05, última modificação 17/12/2020 13h31
O encontro do projeto de extensão “Solo na escola” ocorre dia 21, às 9 horas, por meio do Google Meet

Como parte das atividades desenvolvidas pelo projeto de extensão “Solo na escola”, do Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (CAM/IFRR), no dia 21 de dezembro, às 9 horas, por meio do Google Meet (meet.google.com/kwn-bsze-yay), será realizado o encontro "Mantenha o solo vivo: proteja a biodiversidade”.

A intenção é estabelecer um diálogo com profissionais de várias áreas, pesquisadores e agricultores sobre a importância do solo e as respectivas estratégias para sua preservação. Um dos objetivos do projeto é desenvolver e manter espaço de popularização do conhecimento científico sobre o solo.

Como convidados, vão participar da live a professora do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da Universidade Federal de Campina Grande (UFPB) Adriana de Fátima Meira Vital, a militante do Movimento de Mulheres Camponesa (MMC) e técnica em agroecologia do Instituto Federal de Educação de Alagoas (IFAL) Crísia Cristina Nascimento e a professora de Química da Escola Estadual de Ensino Médio Ana Libória Dilce dos Santos Alves.

As organizadoras e mediadoras do encontro são as professoras Luciana Barros, do IFRR/CAM, idealizadora do projeto “Solo na escola”, e Ednalva Duarte, da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Com esse encontro, elas acreditam na sensibilização dos participantes, que podem ser da comunidade acadêmica do IFRR e da UFRR, além de agricultores e interessados.

DATA

No ano de 2013, a Conferência da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) aprovou por unanimidade o Dia Mundial do Solo e solicitou sua adoção oficial na 68ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Em dezembro do mesmo ano, a Assembleia Geral da ONU declarou o dia 5 de dezembro de 2014 como o primeiro Dia Mundial do Solo oficial.

Em 2020, o slogan “Mantenha o solo vivo, proteja a biodiversidade do solo”, que acompanha a data comemorativa, foi criado para conscientizar as pessoas da importância de manter ecossistemas saudáveis para garantir o bem-estar ambiental e, consequentemente, o bem-estar humano.

A campanha aborda os crescentes desafios no manejo do solo, apontando para os problemas que a perda da biodiversidade deste pode acarretar, em âmbito mundial, e incentiva governos, organizações, comunidades e indivíduos, em todo o mundo, a se comprometer na defesa proativa dos recursos naturais que o solo oferece.

  

Ascom/Reitoria
Rebeca Lopes
Fotos: Divulgação
16/12/2020
 

CGP