Superior de Tecnologia em Aquicultura

Modalidade: Presencial

Módulos Semestrais: 6

Eixo Tecnológico: Recursos Naturais

Turno: Matutino / Vespertino / Noturno

Carga Horária: 2920 sendo 250h para o Estágio Supervisionado e 240 para Atividades Complementares

Objetivo do Curso

Formar um profissional de nível superior com capacidade para usar ferramentas conceituais, metodológicas, técnicas e científicas da área de aquicultura, bem como para analisar e agir de maneira crítica sobre a realidade em que atua, projetando e avaliando metodologias e técnicas aplicáveis ao cultivo de organismos aquáticos, visando a uma produção eficiente de alimentos e derivados de origem aquática, a serviço do desenvolvimento regional integrado.

Objetivos Específicos (dentre outros)

    • Formar profissionais de nível superior capazes de atuar no âmbito da aquicultura nacional.
    • Atender às necessidades socioeconômicas regionais e nacionais no domínio da aquicultura.
    • Contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico, desempenhando papel importante na busca do desenvolvimento sustentável.
    • Formar tecnólogos em aquicultura, para a elaboração de projetos técnicos e execução de atividades aquícolas em nível empresarial e/ou familiar, com capacidade empreendedora e preocupados em conservar o equilíbrio do ambiente.
    • Possibilitar a formação profissional ampla, proporcionando o exercício de atividades de pesquisa, ensino e extensão, favorecendo a acumulação de conhecimentos e experiências gerados pela interação entre essas três áreas.
    • Possibilitar a formação técnica, com base na ética e na estética, para o exercício da atividade profissional.

    Perfil do Profissional

    O tecnólogo em aquicultura está habilitado para prestar serviços de auxílio nas áreas de engenharia de pesca, engenharia de produção, biologia, oceanografia, agronomia, veterinária, zootecnia, entre outras, atuando na pesquisa, na produção, na fiscalização, na extensão, na gestão e no planejamento dos segmentos da tecnologia do pescado e da aquicultura. Ele trabalha no cultivo de organismos aquáticos em geral, principalmente de peixes, crustáceos, moluscos, rãs e algas. Colabora na execução e no manejo dos ambientes de cultivo que envolvem aspectos relativos à reprodução, à larvicultura e à engorda de espécies aquáticas. Prepara tanques e viveiros para o cultivo, realizando o controle da qualidade de água e do solo. Realiza a preparação, a oferta e o ajuste da alimentação das espécies cultivadas, acompanhando o desenvolvimento e a sanidade. Beneficia o pescado, desenvolvendo produtos e subprodutos.

    Requisitos de Acesso:

    • Comprovação de conclusão do ensino médio;
    • Aprovação, no limite das vagas oferecidas, em Processo Seletivo definido em edital;
    • No caso de transferência, consonância com as normas que regulamentam o ensino no IFRR.

    Atuação

    O tecnólogo em aquicultura, cujas atividades são definidas por legislação vigente, atua no gerenciamento do processo produtivo e na gestão de projetos ligados à aquicultura. Seu campo de atuação abrange a iniciativa privada, a iniciativa pública, as organizações do terceiro setor e o empreendedorismo, possivelmente em piscicultura, ranicultura, carcinicultura, cultivo de peixes ornamentais, entre outras atividades. Esse profissional também pode atuar na área de pesquisa em institutos de pesquisas científicas e tecnológicas, bem como em instituições de ensino superior, na condição de pesquisador ou professor.

    Competências do Tecnólogo em Aquicultura (Dentre outras):

    Ele atua no cultivo de peixes, camarões, ostras, mexilhões, rãs e algas. Colabora na execução e no manejo dos ambientes de cultivo que envolvem aspectos relativos à reprodução, à larvicultura e à engorda de espécies aquáticas. Prepara tanques e viveiros para o cultivo, realizando o controle da qualidade da água e do solo. Realiza a preparação, a oferta e o ajuste da alimentação das espécies cultivadas, acompanhando o desenvolvimento e a sanidade. Beneficia o pescado, desenvolvendo produtos e subprodutos (Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos de Nível Médio).