Ilha de Maracá é cenário de visita técnica realizada por alunos do Campus Amajari

por Laura publicado 01/12/2015 10h50, última modificação 01/12/2015 11h36
A terceira maior ilha fluvial do mundo foi o cenário da visita técnica realizada pelos alunos da turma 108 do Curso Técnico em Agropecuária do Instituto Federal de Roraima/Campus Amajari. Durante os dias 26 e 27 de novembro, sob a orientação dos professores Evaldo e Rosenilda Pulcinelli, eles percorreram a Estação Ecológica de Maracá, localizada no Município de Alto Alegre/RR.

A terceira maior ilha fluvial do mundo foi o cenário da visita técnica realizada pelos alunos da turma 108 do Curso Técnico em Agropecuária do Instituto Federal de Roraima/Campus Amajari. Durante os dias 26 e 27 de novembro, sob a orientação dos professores Evaldo e Rosenilda Pulcinelli, eles percorreram a Estação Ecológica de Maracá, localizada no Município de Alto Alegre/RR. 

A ação foi fruto de um trabalho interdisciplinar envolvendo as disciplinas Biologia e  Geografia, com a temática Ecologia: da teoria à prática. O objetivo principal foi ajudar os alunos a compreender a dinâmica que envolve os aspectos da biogeografia e da ecologia de plantas da ilha, considerando as adaptações vegetais, o clima e o solo. No caso específico do Curso Técnico em Agropecuária, a visita fomentou a possibilidade de os alunos aliarem técnicas de agricultura e de pecuária às práticas agroecológicas.

Durante os dois dias de visita, os alunos realizaram trilhas, nas quais puderam ter contato com a fauna e a flora local. Além disso, participaram de palestras sobre o funcionamento da estação ecológica, assistiram à exibição de documentários e se envolveram em atividades recreativas.

Para o professor de Geografia da unidade, Evaldo Pulcinelli, a atividade promoveu maior compreensão do espaço estudado em sala de aula. “Com a visita, os alunos foram estimulados a compreender o espaço como algo dinâmico e estruturalmente organizado, desenvolvendo, assim, habilidades específicas e científicas inerentes ao curso”. 

CCS/Campus Amajari 

CGP