Fórum do IFRR permite aprendizado de técnicas agroecológicas e empreendedorismo

por Laura publicado 28/11/2017 18h55, última modificação 29/11/2017 09h10
registrado em:
Essas e outras temáticas foram abordadas nas oficinas/minicursos ocorridos nesta terça-feira, dia 28, que atenderam as comunidades interna e externa

A tarde desta terça-feira, dia 28, no VI Fórum de Integração do Instituto Federal de Roraima (Forint-IFRR), foi de muito aprendizado. Nove oficinas/minicursos foram realizados nas dependências do Campus Amajari (CAM), que sedia esta edição do evento.

As temáticas eram diversas, e as oficinas/minicursos atenderam tanto  estudantes e servidores das seis unidades da instituição quanto o público externo. Foram responsáveis pelas atividades professores dos Campi Amajari (CAM), Novo Paraíso (CNP), Boa Vista (CBV) e Boa Vista Zona Oeste (CBVZO).

Entre as oficinas promovidas estava a de "Técnicas de agroecologia aplicada à agricultura familiar", ministrada pelos professores do CAM Patrício Batista e Luciana Barros, que ensinaram três técnicas de produção de condicionadores de solos e fertilizantes naturais: a de compostagem, a da casca de arroz carbonizada e a da farinha de osso.

Conforme explicaram os professores, a intenção foi levar conhecimento sobre algumas alternativas que não utilizam substâncias químicas, respeitam o meio ambiente e são mais rentáveis para o pequeno produtor, já que as matérias-primas envolvidas geralmente estão disponíveis na propriedade. “É esta a proposta: utilizar o que temos”, pontuou Luciana.  

Outra oficina que chamou a atenção do público foi a intitulada “Planejando a abertura de seu empreendimento regional – Canvas”, do professor do CBVZO Wilson Alves da Silva Filho, com cerca de 20 participantes, entre eles a egressa do Campus Avançado do Bonfim (CAB) Júlia Silva.

Para Júlia, o VI Forint está sendo uma oportunidade de partilhar conhecimentos e experiências, e ainda conhecer a diversidade de trabalhos desenvolvidos no estado. Ela apresentou o pôster “Possibilidades turísticas e desenvolvimento local na cidade de Bonfim (RR)” e se inscreveu na oficina para aprender a planejar estrategicamente essa ideia na ferramenta Canvas. “Esse foi o pontapé inicial para tirar minha empresa do papel”, contou.

Wilson Filho destacou que, aliando teoria e prática, a oficina propiciou o esboço de diferentes modelos de negócios. “Tivemos iniciativas em áreas como turismo, aquicultura e agronegócio. Com o Canvas, pudemos esboçar mapas visuais de nove blocos, que permitiram a análise e a visualização dos modelos de atuação dos negócios pretendidos”, disse.

Na quarta-feira, dia 29, a programação do fórum se inicia com a mesa-redonda “Empreendedorismo e desenvolvimento regional: experiências exitosas”, a partir das 8 horas, da qual participam empresários do estado, seguida da palestra de encerramento “A relação das ações afirmativas e o desenvolvimento regional”, às 10h15, com o professor doutor André Luiz Figueiredo Lázaro, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Consulte a programação completa do evento no link http://www.ifrr.edu.br/forint/vi-forum-de-integracao/programacao.

 

Laura Veras
Comunicação/VI Forint
28/11/2017

CGP