II Encontro de Egressos acontece neste sábado, no Campus Amajari

por Rebeca publicado 18/10/2016 17h01, última modificação 18/10/2016 17h01
O Campus Amajari do Instituto Federal de Educação de Roraima promove neste sábado, 22, o II Encontro de Egressos, a partir das 8h30, na área de convivência da unidade escolar. Ex-alunos formados nos cursos técnicos do campus estarão expondo suas experiências para estudantes e participantes.

O Campus Amajari do Instituto Federal de Educação de Roraima promove neste sábado, 22, o II Encontro de Egressos, a partir das 8h30, na área de convivência da unidade escolar. Ex-alunos formados nos cursos técnicos do campus estarão expondo suas experiências para estudantes e participantes.

No encontro, serão promovidas atividades como mesa-redonda, relatos de experiências de alunos que passaram pela unidade, apresentação da fanfarra e implantação do bosque dos egressos. O objetivo é resgatar o vínculo institucional com os alunos egressos.

O evento integra uma estratégia da Coordenação de Extensão do CAM para atender aos indicadores de extensão do IFRR, no sentido de promover ações que contribuam para a discussão e o aprimoramento de atividades institucionais.

A coordenadora de Extensão do CAM, Marina Keiko Welter, explica que outra proposta é promover a integração desses discentes com a comunidade acadêmica do CAM, bem como possibilitar o levantamento de informações em relação à situação dos ex-alunos no mercado de trabalho, fornecendo dados imprescindíveis para o planejamento das políticas educacionais da instituição.

Marina afirma que a manutenção das relações da instituição com os egressos é importante e deve ser mantida. “Necessitamos de informações que nos permitam vislumbrar quais caminhos eles seguiram após a conclusão do curso, além de avaliar o ensino, a pesquisa e a extensão desenvolvidos no IFRR com vistas à promoção de ações em prol de uma educação profissional e tecnológica de excelência", disse.

A política de acompanhamento de egressos constitui uma das ferramentas fundamentais para atender aos indicadores de extensão por meio de ações que contribuam para a discussão e o aprimoramento das atividades institucionais. Também garante o cumprimento das diretrizes da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) no que se refere às ações de avaliação dos estudantes, com foco na inserção no mundo do trabalho, nas posições, nas vivências e nas dificuldades profissionais dos egressos, além de fomentar a participação desses atores na vida da instituição.

 

 

Rebeca Lopes

CCS/Campus Amajari

18/10/16